Marketing Pessoal: sua importância no mercado de trabalho

Você sabe a importância do Marketing Pessoal no mercado de trabalho? Nesse artigo iremos aprender o conceito,  dicas, exemplos e a importância do marketing pessoal no mercado de trabalho.

O marketing pessoal é uma técnica, ou seja, uma ferramenta utilizada no mercado de trabalho para auxiliar o funcionário em como ele deve se portar diante da empresa. Ou seja, a imagem que ele deve demonstrar para que tenha maior credibilidade.

Enfim, é o meio utilizado com a finalidade de se autopromover. Desse modo, isso será a postura e a forma de falar. Seu comportamento deve de forma clara demonstrar os seus valores. Demonstrando credibilidade e confiança em seus atos.

Agora que já entendemos melhor o marketing pessoal, vamos ver como utilizar essa importante ferramenta através de dicas simples, porém com grande importância.

Além disso, vamos entender porque o marketing pessoal é importante.

A importância do Marketing Pessoal

Para se destacar no mercado de trabalho, é necessário cuidar da imagem profissional. Assim você pode construir uma carreira de sucesso. É a constante busca por crescimento, investir em sua marca pessoal, garante seu crescimento em sua carreira profissional.

A palavra marketing vem do inglês, “Market” significa “mercado”. A palavra também pode ser traduzida como mercadologia, ou seja, um estudo de causas, objetivos e resultados para gerar por meio de diferentes formas como lidamos com o mercado.

Marketing pessoal é uma ferramenta usada por meio de promoção pessoal de modo a alcançar o sucesso almejado.

Como aplicar o Marketing Pessoal?

Para aplicar o essa técnica é importante que o indivíduo demonstre as suas habilidades, destacando de forma positiva seus conceitos, suas habilidades, agregando valores e tudo aquilo que você tem a oferecer.

O marketing pessoal de qualidade e bem aplicado é como um conjunto de expressões. Envolve fala, vestimenta e postura.

Dicas de como colocar o marketing pessoal em prática

  • Tenha objetivo;
  • Pratique o autoconhecimento;
  • Faça networking;
  • Invista em qualificação;
  • Fique atento à sua postura;
  • Cuide do visual;
  • Tenha uma boa comunicação e seja um bom ouvinte;
  • Esteja bem informado com os acontecimentos no mundo;
  • ;Atraia atenção para seu trabalho;
  • Tenho compromisso e seja pontual;
  • Seja um bom líder;
  • Conquiste a confiança dos demais;
  • Cuide de suas redes sociais;

Considere-se uma marca

Como mencionamos, o marketing pessoal tem como objetivo fazer você virar uma marca. Portanto, as pessoas verão você como sinônimo de algo. É como vender o seu trabalho, vender quem você é. Agregue valor a sua marca.

7 passos para ter um bom Marketing Pessoal

1. Tenha uma boa imagem

Primeiramente, você deve estar muito bem apresentado, sempre. A primeira impressão é a que fica! É provável que você já tenha ouvido esse ditado, e ele precisa ser seguido. Cuide da sua aparência. Assim, você estará sendo sempre visto com bons olhos.

2. Tenha um objetivo

Em outras palavras, para construir um marketing pessoal é preciso ter um objetivo. Então busque uma auto reflexão de si mesmo sobre quem você quer ser daqui há 5 ou 10 anos. É muito importante ter metas e  objetivos.

Depois você deve alinhe seus objetivos a longo prazo com seu marketing pessoal. E acompanhar seu crescimento e evolução, assim você vai se sentir mais motivado a continuar a crescer como profissional.

3. Seja visto

Quem é visto, é lembrado! Sim, é verdade. Lembre-se, você é uma marca. Deixe sua marca por onde passar, dessa maneira você será lembrado por todos.

4. Resolver problemas

Sugerir formas para solucionar o problema e auxiliar na solução é de extrema importância. Isso fará com que as pessoas sejam gratas. Você será visto com bons olhos.

Lembre-se uma pessoa que é capaz de resolver qualquer problema ou obstáculo tende a ser mais requisitada. E com isso passa a ser vista com outros olhos. Procure sempre ser aquela pessoa que resolve o problema ao invés de fugir dele.

5. Agregue valor

O valor que você agrega ao lugar deve ser evidente. Você não pode parecer substituível. Você será importante. Desta maneira, você irá suprir as expectativas da empresa.

Busque se atualizar constantemente em sua área. Faça sempre cursos  pra se atualizar no mercado e estar atento as novidades. Profissionais que agregam valor a empresa dificilmente serão dispensados pela empresa em caso de eventualidades. Então procure sempre estar alinhado aos valores da empresa.

6. Seja autêntico

É muito importante você fornecer algo único, algo que remeta a você. Por exemplo, Bombril, uma grande marca. Ela é tão conhecida, que a esponja de aço foi substituída sendo chamada de “Bombril”. A marca é reconhecida pelo seu nome.  Quando alguém precisar ou ver algo, lembrar de você.

7. Seja um líder

Líderes são bem vistos pela empresa. São vistos como referência. Para destacar-se em liderança, seja interessado, assim você será reconhecido como um bom líder.

O marketing pessoal faz com que suas habilidades e qualidades sejam reconhecidas.

Conclusão

Por fim, concluímos que uma estratégia de marketing pessoal de qualidade, vai exigir tempo, disposição e dedicação. Explore de você o que é bom. Analise possibilidades, estude, isso fará com que você seja bem visto no mercado e alcance o destaque que você deseja na sua vida profissional.

Enfim, uma opção adequada para quem procura destacar-se, é ser notado de maneira sutil e jamais ser desumilde. Estes são um dos pilares para alcançar o marketing pessoal. Em qualquer lugar que você quiser chegar, comece sendo você.

Lembre-se, a ferramenta é para seu próprio benefício, é através dela que você irá garantir sucesso profissional, bem como destacar-se dos demais. Portanto, ela depende exclusivamente das suas atitudes.

E aí, já está preparado para começar a incluir atitudes positivas no seu dia-a-dia a fim de exercitar suas habilidades e em breve alcançar suas metas traçadas?

Add Comment