Auxílio Emergencial – Como solicitar os R$600 do governo?

O Governo liberou essa semana o cadastro para recebimento do auxílio emergencial por conta do Corona vírus.

A ideia é auxiliar os brasileiros em tempos de quarentena. Principalmente aqueles que estão sendo prejudicados drasticamente por não poder trabalhar. Como profissionais autônomos e micro-empreendedores.

Saiba todas as informações necessárias sobre o benefício e o que é necessário para solicitar os R$600,00 reais.

O que é o auxílio emergencial?

O Auxílio Emergencial é um auxílio financeiro que irá beneficiar em 3 (três) parcelas de R$600,00, algumas classes.

O benefício é destinado a aqueles que trabalham de forma informal, ou seja, não possuem registro na carteira de trabalho. Aos microempreendedores individuais, desempregado e profissionais autônomos.

O objetivo é oferecer ajuda de emergência nesse período onde enfrentamos no país a crise do COVID-19 – Corona Vírus.

O valor será pago no período de 3 (três) meses, e pode ser recebido por até duas pessoas da família, totalizando R$1.200.

Importante: no caso da família, onde a mulher seja a única responsável pelas contas da casa, o valor pago será de R$12.000 reais.

Aqueles que já tinham Cadastro Único até o dia 20 de março, e que  estejam dentro dos requisitos do programa, irão receber sem precisar realizar o cadastro na CAIXA.

Aqueles que recebem o bolsa família, poderão receber o benefício do auxílio emergencial, caso o valor seja mais alto. E neste caso, o bolsa família ficará suspenso.

Quem têm direito ao benefício, mas não possui o Cadastro Único, não tem problema, basta fazer o cadastro no Site oficial do auxílio emergencial, ou no Aplicativo criado somente pra isso.

Quem tem direito a receber o auxílio emergencial?

Os requisitos básicos para receber o benefício, são os listados abaixo. Confira se você pode receber o auxílio emergencial:

  • Ter mais de 18 anos de idade;
  • Não se trabalhado formal; isso significa ser trabalhador autônomo, não ter registro na carteira de trabalho;
  • Não receber nenhum tipo de benefício como: previdência, assistência, seguro-desemprego, ou qualquer outro programa federal (no caso do Bolsa família, você pode receber);
  • A renda familiar no mês por pessoa, deve ser de até meio salário mínimo, que são R$522,50. Ou a renda familiar mensal no total, que é todo o valor que a família recebe, não deve passar de 3 (três) salários mínimos r$3.135,00 ;
  • Não ter ultrapassado o valor de R$28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2018;
  • Desempregado;
  • Ser MEI – Microempreendedor individual;
  • Ser contribuinte da previdência Social;
  • Trabalhador informal inscrito no Cadastro Único.

Se você possui as condições de solicitação do benefício, não perca tempo e faça seu cadastro.

Aqui eu ensino como você pode fazer isso.

Passo-a-passo: como solicitar o auxílio emergencial

Primeiramente, se você já possui o Cadastro Único, não precisa realizar o cadastro. Você automaticamente irá receber o valor, mesmo que não tenha conta na Caixa. Aguarde as informações de saque.

Para os outros casos, você tem suas opções de como receber o auxílio emergencial.

Opção 1 para cadastro no auxílio emergencial:

  • Acesse o site Oficial para cadastro: clique aqui.
  • No site que vai abrir, você clica na opção: Realize sua solicitação;
  • No final da página, você deve concordar com as duas informações e clicar em “Tenho os requisitos, quero continuar”
  • Você será encaminhado para uma página onde deve preencher os seus dados. Nome, cpf, data e nascimento e nome da mãe. Verifique se os dados estão corretos, confirme em “não sou um robô”e clique em continuar;
  • Após isso, será enviado um código de confirmação por SMS no celular que você irá cadastrar;
  • Quando receber, insira o código e continue preenchendo os dados;
  • Você precisará informar quem mais mora na sua casa, por exemplo: cônjuge, é seu esposo ou esposa. Confirme e continue.
  • Escolha o banco onde você possui conta e pretende receber o valor do auxílio emergencial;
  • Pronto, é só aguardar a análise para receber.

Você pode acompanhar sua solicitação no próprio site.

Ao acessar o site novamente, você clica em “Acompanhe sua solicitação”.

Informe o seu CPF, aguarde o código de verificação e acompanhe a informação.

Opção 2 para cadastro do auxílio emergencial:

  • No seu celular, você deve baixar o Aplicativo:
    Para celulares com Android: clique aqui
    Para celulares com iOS da Apple: clique aqui

Você deve seguir os mesmos procedimentos que pelo computador, porém, pelo celular.

Bom, após a solicitação, basta aguardar o pagamento, que deve sair a partir do dia 09 de abril.

É importante que você sempre preencha os dados com muita atenção, para não ocorrerem erros. E também, dados verdadeiros.

Antes e preencher ou acessar qualquer link, acesse sempre o site oficial. Muitas pessoas se aproveitam desse momento sensível para a população, para aplicar golpes. Tome muito cuidado.

Todas as informações aqui descritas, estão também no site da Caixa. Portanto, pode confiar e acessar os links que encaminham diretamente ao site oficial.

É um momento de ajudarmos uns aos outros, então, envie esse artigo para as pessoas que precisarão solicitar o benefício ou que não possuem essa informação.

Vamos nos ajudar! 😉

Add Comment